INTRODUÇÃO
 
 
 

VER GALERIA DE FOTOS

 
 

INFORMAÇÕES:

GARÇA-BRANCA-GRANDE
Ardea alba (Linnaeus, 1758)

Família: Ardeidae

Nome em Inglês: Great Egret

Sinônimo:
Casmerodius albus 

Foto: Germano Woehl Junior
Local: Entorno da RPPN Santuário Rã-bugio - Guaramirim - SC
Data: 26/02/2017


Ameaças
Destruição das extensas áreas de banhados.

Características
Mede entre 80 e 104 centímetros de comprimento e pesa entre 700 e 1700 gramas.
Conforme pode ser visto nas imagens, seu corpo é completamente branco. É facilmente identificada pelas longas pernas e pescoço, característica dos membros da família. O bico é longo e amarelo, e as pernas e dedos pretos. Apresenta enormes egretas (penas especiais que se formam no período reprodutivo). A íris é amarela [veja nesta foto].

Alimentação
Alimenta-se principalmente de peixes, mas já foi vista comendo quase tudo o que possa caber em seu bico. Pode consumir pequenos roedores, anfíbios, répteis, insetos, pequenas aves e até lixo. Em pesqueiros aproxima-se muito dos pescadores para pegar pequenos peixes por eles dispensados, chegando a comer na mão. É muito inteligente e pode usar pedaços de pão como isca para atrair os peixes dos quais se alimenta. Engole às vezes cobras e preás. Aproxima-se sorrateiramente com o corpo abaixado e o pescoço recolhido e bica seu alimento, esticando seu longo pescoço. Há relatos de pessoas que afirmam que atacam ninhos de pequenas aves em áreas de mangue, onde costumam se alimentar.

Reprodução
Constrói o ninho, grande e feito de gravetos, em ninhais que podem congregar centenas de indivíduos.

Hábitos
Vive em grupos de vários animais à beira de rios, lagos e banhados. É migratória, realizando pequenos deslocamentos locais ou mesmo se deslocando para além dos Andes durante os períodos de enchentes anuais. Na época da reprodução os indivíduos de ambos os sexos apresentam longas penas no dorso chamadas egretas.

Distribuição geográfica
É uma garça de vasta distribuição e pode ser encontrada em todo o Brasil, em toda a América do Sul e América Central, parte da América do Norte e também na África e parte da Europa No Brasil é encontrada com mais abundância no Pantanal, rios, lagoas e banhados da Mata Atlântica do Sudeste, Nordeste e Região Norte.
 
  • fepema
  • weg
  • frbl
  • johnsonejohnson
  • bvs&a
  • governo_sc
  • avina
  • brazil_foundation
  • portal_social
  • celesc
  • prefeitura_jaragua
  • fujama
  • Doacao Donate