INTRODUÇÃO
 
 
 

VER GALERIA DE FOTOS

 

AUDIO:

  1. Ouvir
 

INFORMAÇÕES:

CANELEIRO-DE-CHAPÉU-PRETO
Pachyramphus validus (Lichtenstein, 1823)

Família: Tityridae
Nome em Inglês: Crested Becard


Foto: Germano Woehl Junior
Local: RPPN Corredeiras do Rio Itajai, Itaiópolis (SC)
Data: 21/11/2010


Características
Macho todo escuro, negro em parte das costas e cabeça, acinzentado na região ventral. Nas asas, algumas penas brancas, raramente visíveis à distância. Fêmea marrom, mais clara na região ventral. Na cabeça, o característico topo cinza escuro, em forte contraste com o corpo. Área clara na frente dos olhos, característica semelhante às outras espécies desse gênero, mas virtualmente invisível no macho.

Alimentação
Associam-se aos bandos mistos, embora busquem invertebrados e frutinhos de maneira isolada também. Possuem pousos preferidos na mata e, uma vez localizados, deixam-se observar nos longos períodos em que ficam à espreita de insetos em movimento.

Reprodução
O ninho, geralmente pendente, chama de longe a atenção por ser uma construção grande, de fibras vegetais, liquens e barba-de-velho (espécie de bromélia, Tillandsia usneoides, sendo um excelente dispersor desta planta), com a entrada na parte lateral e a câmara de ovipostura na parte superior. O macho, às vezes, auxilia na construção do ninho, mas só a fêmea incuba os ovos que podem ser verde-oliva, pardo-claros ou cinzas com manchas pardo-enegrecidas. O tempo de incubação é, provavelmente, de 18 ou 19 dias e os filhotes são alimentados pelo casal.

Hábitos
Vive em casais, ocasionalmente grupos familiares. Destaca-se na vegetação, gostando de ficar em poleiros expostos acima da mata ciliar, cerradão ou mata seca, bem como logo abaixo da copa e na parte média da mata. 

Assista ao vídeo abaixo e observe o caneleiro construir o ninho na copa de uma árvore que secou.

 
  • fepema
  • weg
  • frbl
  • johnsonejohnson
  • bvs&a
  • governo_sc
  • avina
  • instituto_hsbc
  • portal_social
  • celesc
  • prefeitura_jaragua
  • fujama
  • Doacao Donate