PROJETOS EM ANDAMENTO PROJETOS REALIZADOS MATERIAL DIDÁTICO
 

 

Água pura da Serra do Mar na torneira

CONHECENDO AS RIQUEZAS DA MATA ATLÂNTICA

Educação ambiental para salvar a Serra do Mar

Mata Atlântica é qualidade de vida

Educação Ambiental para a sustentabilidade

CRIANÇAS SALVANDO A MATA ATLÂNTICA

Serra do Mar: fonte de Água, fonte de Vida

Força Tarefa para salvar os sapos de Corupá, SC

Cartões Telefônicos: Anífibios de Santa Catarina

Exposições Itinerantes

Projeto “Serra do Mar: Água e Vida” - Petrobras Ambiental

     
FORÇA TAREFA PARA SALVAR OS SAPOS DE CORUPÁ, SANTA CATARINA

        
Projeto de Educação Ambiental com Estudantes da Escola de Educação Básica Teresa Ramos, de Corupá, Santa Catarina - Força Tarefa para Salvar os Anfíbios da Mata Atlântica
Projeto de Educação Ambiental com estudantes da Escola de Educação Básica Teresa Ramos, de Corupá, Santa Catarina - Força Tarefa para Salvar os Anfíbios da Mata Atlântica

Com apoio da
Fundação O Boticário de Proteção à Natureza organizamos em 2001 uma força-tarefa, inédita no Brasil, com os alunos da rede ensino pública de Corupá, SC, para monitorar a mortandade de sapos (da espécie Rhinella icterica) que foram atacados por carrapatos (da espécie Amblyomma rotundatum) ali introduzidos, provavelmente, por intermédio do tráfico de jabotis provenientes do norte do Brasil, uma vez que este carrapato, específico de répteis e anfíbios, nunca teve sua ocorrência natural registrada antes na região sul e nem na sudeste do Brasil.

Educação Ambiental: Estudantes de Corupá medindo um sapo infestado por carrapato


Obtivemos a adesão de 350 alunos e lhes foi dada a tarefa de observar e examinar em suas residências os sapos habitando os quintais e jardins (durante a noite é comum os sapos se concentrarem próximo às áreas iluminadas, onde se alimentavam dos insetos atraídos pelas luzes).

Quando um sapo infestado com carrapatos era encontrado (vivo ou morto), este deveria ser medido, verificado o sexo e os carrapatos contados e removidos, conforme as orientações dadas.

Tudo era anotado numa ficha fornecida. Na execução deste projeto contamos também com o apoio da Secretaria de Educação do Município de Corupá, SC, professores e diretores das escolas, bem como dos familiares dos alunos participantes.

Educação Ambiental: Estudantes de Corupá, Santa Catarina, examinando um sapo morto que estava infestado por carrapatos

    

A mortandade dos sapos em Corupá foi observada pelos próprios moradores e soubemos disso por ocasião de uma palestra sobre anfíbios que proferimos para os alunos e professores. O problema começou a aparecer em 1985, quando os moradores começaram a encontrar dezenas de sapos mortos em seus quintais e jardins, todos infestados por carrapatos.

    
SAIBA MAIS SOBRE ESTE CARRAPATO
 

A espécie de carrapato, Amblyomma rotundatum, que está atacando os sapos em Corupá, SC, é um  ectoparasita específico de animais de sangue frio, ou seja, de répteis e anfíbios - ele ataca também cobras, tartarugas, jabotis e os sapos da espécies Bufo marinus, que ocorrem no norte e centro-oeste do Brasil.

Uma característica interessante desta espécie de carrapato é que só existem fêmeas, cujos óvulos dão origem à um novo organismo, sem a necessidade de fecundação, pelo processo chamado de PARTENOGÊNESE. Portanto, sua reprodução é assexuada. 

Mais informações sobre este projeto, veja nosso artigo na revista Ecologia e Desenvolvimento do mês de julho/2001: ANFÍBIOS SALVOS POR CRIANÇAS.
Veja também esta reportagem da Folha de São Paulo, Suplemento Folhinha, de 07/04/2001, Crianças Salvam Sapos em Corupá


Sapo (Rhinella icterica), macho, atacado por um carrapato. Repare que o carrapato provoca um ferimento no sapo.

 

Sapo (Rhinella icterica), fêmea, com 10 cm, infestada com mais de 80 carrapatos.


Uma infestação tão grande quanto essa é comum de ser observada em Corupá, SC, e tem levado a morte centenas de sapos.


    

O desaparecimento dos sapos tem conseqüências graves no meio ambiente, uma vez que eles controlam a população de insetos (um sapo devora até 10 mil insetos em 3 meses). Mesmo uma infestação de um ou dois carrapatos, que não provoca a morte do sapo, afeta a população deles porque pode diminuir a fertilidade das fêmeas (deposita um número menor de ovos).

Task-force to save the frogs from ticks attack - Rainforest - Southern Brazil

In 2001 we implemented the project that I consider the most audacious and startling results. A task force to save the toads attacked by ticks. A lot of dead toads (Rhinella icterica) were appearing in the city of Corupá, Santa Catarina State (Southern Brazil) due to this mysterious attack of ticks that had never been recorded before. Latter, we found out it was an invasive species of tick (Amblyomma rotundatum)

We created a task force with elementary school students. During one year 700 children and adolescents monitored frogs attacked by ticks. These students involved the participation of their siblings, parents and grandparents and the whole town turned out to be mobilized for the cause.

They had to record data of toads found dead, and record how many ticks each toad was alive. Besides plucking ticks off the toad, of course. They sampled over 2000 toads. It was obtained exactly the predicted curve for the relationship between hosts and parasites showed that the children did the work properly.


Água pura da Serra do Mar na torneira

CONHECENDO AS RIQUEZAS DA MATA ATLÂNTICA

Educação ambiental para salvar a Serra do Mar

Mata Atlântica é qualidade de vida

Educação Ambiental para a sustentabilidade

CRIANÇAS SALVANDO A MATA ATLÂNTICA

Serra do Mar: fonte de Água, fonte de Vida

Cartões Telefônicos: Anífibios de Santa Catarina

Exposições Itinerantes

Projeto “Serra do Mar: Água e Vida” - Petrobras Ambiental

 

  • fepema
  • weg
  • frbl
  • johnsonejohnson
  • bvs&a
  • governo_sc
  • avina
  • brazil_foundation
  • portal_social
  • celesc
  • prefeitura_jaragua
  • fujama
  • Doacao Donate